Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

País discute criar cadastro de pedófilos na internet

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Você acha que os condenados por abuso sexual infantil deve ser registrado na internet para que todos tenham acesso?

0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 0

País discute criar cadastro de pedófilos na internet

Mensagem por Novato em Dom 29 Ago 2010, 18:25

Nome completo, endereço e foto de condenados por crimes sexuais contra crianças e adolescentes podem passar a constar, por lei, em um cadastro nacional de pedófilos disponível na internet. O projeto de lei que cria o banco de dados, da senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), deve ser votado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado na quarta-feira (1º). Se aprovado, vai para a Câmara.

A ideia divide opiniões. Alguns defendem o direito dos pais de proteger os filhos, e outros dizem que o projeto é inócuo e inconstitucional.

Para a autora do projeto, "a sociedade tem o direito de saber onde residem os pedófilos que deixaram a cadeia". Segundo ela, há risco de reincidência. "[A pedofilia] é questão de saúde, que não muda com encarceramento."

Um caso que exemplifica a tese ocorreu em Luziânia (GO) no início do ano. Um homem, que foi acusado de estuprar e matar seis jovens, já havia sido condenado por violência sexual. Estava solto devido à progressão de pena.

DIVERGÊNCIAS

Pelo projeto, estarão no cadastro pessoas com condenação com trânsito em julgado (sem recurso). Elas mesmas forneceriam e atualizariam suas informações, sob pena de detenção e multa.

Para o delegado Luiz Henrique Pereira, da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, do Rio, a medida é eficaz "porque o pedófilo se vale da conquista da confiança da vítima para cometer crimes." O banco de dados serviria, então, para que os pais identificassem o criminoso durante essa aproximação.

Já o advogado Ariel de Castro, do Conselho Nacional da Criança e do Adolescente, diz que o cadastro pode gerar "condenação perpétua" de pessoas, o que é proibido. "Não se pode ter pena que ultrapasse [a pena fixada]", diz a procuradora de Justiça de SP Valderez Abbud.

Para Genival França, da Comissão de Direitos Humanos da OAB, a lei é inconstitucional por violar intimidade, honra e imagem dos agressores. O projeto já passou pela Comissão de Constituição e Justiça, que verifica a constitucionalidade de leis.

O psiquiatra Mauro Aranha diz que muitas vezes a pedofilia é cometida por parentes da vítima. Já Castro diz que geralmente são usados nomes falsos e mudam a aparência após a condenação, tornando o cadastro inócuo.

O governo federal também se posicionou contra o projeto por meio da Secretaria Especial de Direitos Humanos.

Para Carmen de Oliveira, secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, o banco dificulta o acompanhamento do criminoso. "Em vez de ter vigilância, a gente perde contato, porque as pessoas vão atuar clandestinamente."

TRATAMENTO

O tratamento médico de agressores sexuais seria mais eficaz no combate à pedofilia do que a criação do cadastro de pedófilos, segundo especialistas ouvidos pela Folha.
Uma das principais justificativas do projeto de lei para criar esse banco é que a condição não desaparece apenas com a repressão penal.

A senadora diz concordar com a necessidade de tratamento, mas o projeto não oferece nenhuma alternativa desse tipo para os agressores.

O psiquiatra Danilo Baltieri, do Ambulatório de Transtornos da Sexualidade da Faculdade de Medicina do ABC, afirma que a prisão é necessária, mas não resolve o problema. "A maioria que é presa sai das penitenciárias sem qualquer tipo de intervenção psicossocial que possa reduzir a reincidência criminal."

Ele diz que é preciso treinar equipes médicas e psicólogos para atender melhor os pacientes e, consequentemente, prevenir comportamentos inadequados. "Em geral, a sociedade olha para esses indivíduos como monstros. Mas muitos padecem de doença cujo controle não é possível sem tratamento. Muitos procuram, mas não o encontram."

O projeto brasileiro é inspirado em ideia implementada na Flórida (EUA).

O advogado Ariel de Castro destaca a necessidade de haver um acompanhamento dos agressores sexuais após eles saírem das prisões, por meio de um cadastro acessível apenas pelos órgãos públicos interessados.

Para o psiquiatra Mauro Aranha, é preciso pensar em formas de proteção à sociedade que não somente criminalizem pessoas que também precisam ser tratadas.

De acordo com Aranha, os pais precisam ficar atentos ao comportamento dos filhos, às suas companhias e aos sites que acessam para perceber se eles podem estar sendo aliciados por pedófilos.
Fonte: Gazeta Web
avatar
Novato
Notificador
Notificador

Masculino Libra Cabra
Primaveras Primaveras : 25
Mensagens Mensagens : 229

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum