Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

Ficar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficar

Mensagem por Katia Horpaczky em Qui 14 Out 2010, 11:43

Namorar ou ficar? Eis a questão....

Ficar é uma boa desculpa para variar, para fugir do que é sério ou para escolher o que é melhor?

(*) Kátia Horpaczky

Nos dias de hoje, por incrível que pareça, namorar é considerado fora de moda. É que tem o "ficar" onde tudo parece muito mais fácil, certo? Talvez nem tanto. No “ficar”, as pessoas se encontram, se atraem e acabam trocando beijos. O “ficar” caracteriza-se pela ausência de compromisso, de limites e regras claramente estabelecidas: o que pode ou não pode é definido no momento em que o relacionamento acontece, de acordo com a vontade dos próprios “ficantes”. A duração do “ficar” varia: o tempo de um único beijo, a noite toda, algumas semanas. Ligar no dia seguinte ou procurar o outro não é dever de nenhum dos envolvidos.

Ficar acaba torna-se atraente para a maioria das pessoas que imaginam ser possível curtir apenas o lado bom de namorar. Sem responsabilidades, cobranças ou compromissos. A partir disso o hábito de ficar acaba substituindo e muito o namoro, e a maioria das meninas prefere apenas trocar alguns carinhos a “encarar uma relação mais séria. O problema é que às vezes bate uma carência, uma vontade de ter alguém...

A pessoa que “fica” constantemente dificilmente se envolve. Chega uma hora em que é natural sentir vontade de ter alguém com quem sair, conversar, dividir bons e maus momentos, trocar beijos e carinhos, enfim, ter um relacionamento. Algumas pessoas, às vezes, ficam com vários parceiros na mesma noite, às vezes em vários dias. Parece que o ficar não quer dizer sempre uma intenção de namoro, e sim, uma atração física entre duas pessoas. Podemos dizer que os resultados positivos do “ficar” superam os negativos, já que “ficar” possibilita que as pessoas avaliem maior número de parceiras do que se tivessem que namorá-las. Se a atração física corresponder a uma experiência agradável, fica-se mais vezes com esta pessoa, e com a convivência pode surgir então o namoro. A maior reclamação das pessoas quanto ao “ficar” é a superficialidade desse tipo de relacionamento. “‘Ficar” implica na maioria das vezes uma grande intimidade sexual que pode não corresponder a uma maior intimidade emocional.

Embora, as pessoas tenham necessidade de serem ouvidas e de construírem relacionamentos marcados pela afetividade, encontramos muitas pessoas que não têm a disposição para ouvir e aceitar o outro. Essa situação pode ter sido gerada pelo individualismo e pela competitividade. Afinal, “ficar” não é uma mudança comportamental isolada, e sim o reflexo de uma sociedade composta por pessoas mais centradas em si mesmas, mais individualistas.
Uma dúvida: Por que então, às vezes, se fica com muitas pessoas na mesma noite? Geralmente com pessoas dos mais variados tipos, será que a atração pode se estender a todo tipo físico? Somente a isso? Ou temos aqui outros aspectos? Namorar é bom, mas tem que ser com alguém legal, que goste de você e tenha experiências e opiniões para compartilhar. Se achar que apenas ficar não está fazendo bem, é melhor não ficar com ninguém, apenas ter calma e estar aberta para conhecer novas pessoas. De repente, o primeiro namoro está mais perto do que a gente imagina.

Por isso, deixe o medo e a ansiedade de fora, na hora certa vai aparecer a pessoa ideal, aquela que mexe de um jeito especial com o coração da gente. Como saber quando isso acontecer? Não se preocupe, você não vai ter dúvidas. É uma sensação difícil de explicar, mas muito fácil de reconhecer.


avatar
Katia Horpaczky
Especialista
Especialista

Feminino Aquário Dragão
Primaveras Primaveras : 53
Mensagens Mensagens : 15

http://www.rodadavida.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum