Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

Você está sabotadoseu relacionamento?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Notícia Você está sabotadoseu relacionamento?

Mensagem por Katia Horpaczky em Qui 28 Out 2010, 14:43

Você está sabotando seu relacionamento?

(*) Kátia Horpaczky

Sabotar implica ir contra algo, e o pior, contra si mesma. É Autosabotagem, isso significa que terá que administrar as situações difíceis que você mesma produziu. Essa situação acontecem quando não se aguenta manter um vínculo que tenha equilíbrio e satisfação, principalmente se nunca teve algo significativo e valoroso antes.

È visível nos dias de hoje, a supeficialidade com a qual nos vinculamos ao "outro". Não se cria laços profundos e acaba-se por não viver experiências afetivas de qualidade, seja com filhos, pais, cônjuge, namorados, amigos.
Algumas pessoas com autoestima baixa tendem a não acreditar que possam se relacionar de forma satisfatória quando estão com alguém interessante e ainda possam ter seu valor reconhecido, tanto para o seu próprio parâmetro, como perante os outros (familiares e amigos).

Parecem duvidar de que sejam capazes de despertar o interesse de alguém tão especial, como se não fossem merecedoras de algo bom. Utilizam o recurso do boicote, que acontece por meio de suas próprias ações, para produzir efeitos negativos, que tendem não só dificultar como trabalhar para o seu rompimento.

"Ah! Eu não dou sorte no amor, não adianta... " É o que eu mais ouço no consultório. Muito do que acreditamos sobre nós mesmos, os outros e sobre o amor, vem de nossas primeiras experiências, das nossas crenças familiares e formam um “mapa mental” que nos governa por toda vida. Quando examinamos e reavaliamos essas crenças, teremos condições de mudar esse mapa mental – de reescrever nosso roteiro de vida.


Você está sabotando o seu amor quando:
• Cria obstáculos para o entendimento.
• Imagina o que não aconteceu, como quem está procurando algo...
• É volúvel.
• Testa a paciência do companheiro.
• Deseja ter limites, pois, com o ato de boicotar, você sempre acaba na pior e se vê justificando depois a posição que está acostumada a ter: de ser sozinha, de manter a fama de briguenta, de manter o alto nível de ciúmes, de fantasiar que será trocada por outra etc.
• Mantém uma posição padrão no relacionamento, ou seja: que se repete.
• Você é do tipo que gosta de explosões, um modo de rebaixar a qualidade do vínculo. E de obter de forma equivocada e distorcida uma espécie de resposta quanto ao interesse do outro manter o relacionamento. É um tipo de teste com a finalidade de se sentir querida e em evidência.
• Forja situações, criando dificuldades com o parceiro.
• Nutre o fracasso no relacionamento.

O conflito não é necessariamente um sinal de que algo está errado, a maneira em que as diferenças são resolvidas (ou não) é uma medida mais precisa de estabilidade.

Ao verificar as frequentes queixas do seu parceiro, comece a refletir sobre exageros e situações em que poderia ter lidado de outra forma. Em relacionamentos saudáveis, as pessoas são flexíveis diante das circunstâncias, sem um comportamento rígido e fixo.

Pense nisso! E comece a escrever uma historia de amor com final feliz!
avatar
Katia Horpaczky
Especialista
Especialista

Feminino Aquário Dragão
Primaveras Primaveras : 53
Mensagens Mensagens : 15

http://www.rodadavida.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum