Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

Alunos estudam sexualidade - Portugal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alunos estudam sexualidade - Portugal

Mensagem por Daniela em Ter 25 Maio 2010, 17:09

‘Como deve ser abordada a se-xualidade nas escolas?’ — Foi para esta questão que Joana Sarmento e Ricardo Vieites, alunos do 12.º G da Escola Secundária D. Maria II, tentaram arranjar resposta. Os dois estudantes apresentaram ontem o seu projecto ‘Falar de sexualidade na juventude’, uma iniciativa que pretendeu recolher diversas opiniões sobre a temática em questão.

Tendo como palco o auditório do Instituto Português da Juventude (IPJ) e contando com uma assistência quase que exclusivamente estudantil, os dois alunos mostraram que estudaram o tema a fundo, tendo aproveitado imagens de noticiários, declarações de políticos sobre a matéria e até partilharam com os colegas os aspectos mais importantes da lei 60/2009 de 6 de Agosto, que estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar.

A Joana e o Ricardo não se limitaram a uma simples apresentação teórica. Quiseram também promover o debate e para isso contaram com a presença de alguns convidados que partilharam ideias e pontos de vista, alguns dos quais bastante convergentes. Entre os convidados, destaque para a enfermeira Margarida Louro Cruz, presente enquanto coordenadora da Unidade de Cuidados da Comunidade do Centro de Saúde de Infias, que lembrou que existe uma equipa destinada para trabalhar

a área da saúde escolar, uma das quais é a sexualidade juvenil.
Na sessão esteve ainda José Manuel Silva, em representação da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP).

Educação Sexual desde o 1.º ciclo até ao 12.º ano

Confiantes de que a Educação Sexual será implementada a partir do próximo ano lectivo, os convidados partilharam com a assistência a ideia de que a educação sexual tem de ser abordada durante todo o percurso escolar e de forma transversal.
A enfermeira Margarida Louro Cruz realçou que estamos a falar de sexualidade e não de actividade sexual. “A sexualidade tem de ser trabalhada desde a primeira classe para que vocês depois tenham uma vida sexual responsável e saudável”, referiu, dirigindo-se directamente aos alunos.

Já o representante da CONFAP frisou que “há disponibilidade dos pais para que sejam dadas ferramentas aos filhos para que eles conheçam a sua sexualidade e a vivam de forma segura e responsável”. José Silva defende mesmo que cada escola deveria ter um enfermeiro e que a educação sexual deve ser abordada em todas as disciplinas, desde o 1.º até ao 12.º ano”. Na Escola D. Maria II funciona o gabinete de promoção da educação para a saúde, onde uma das quatro áreas de intervenção é a educação sexual.
Fonte: Correio do Minho


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Fique por dentro das novidades do fórum em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.].
Já pensou em ter seu próprio espaço aqui? Então crie teu [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]!
avatar
Daniela
Idealizadora
Idealizadora

Feminino Sagitário Galo
Primaveras Primaveras : 35
Mensagens Mensagens : 1099

http://cantinhodaeris.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum