Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

«Erotismo tem sido trocado por sexo imediatista, mecânico e hidráulico»

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

«Erotismo tem sido trocado por sexo imediatista, mecânico e hidráulico»

Mensagem por Novato em Sex 30 Jul 2010, 13:51

A sociedade actual é hiper-sexuada e tem vindo a matar o erotismo, na opinião do sexólogo Júlio Machado Vaz, que assim justifica o «folclore» que é a criação do Dia Internacional do Orgasmo, que se assinala no sábado.

«Em termos globais, sou renitente aos dias de, não porque muitas causas não sejam actuais, mas porque revelam sempre atraso na luta por estas causas. Quanto a este dia, não penso que o orgasmo precise assim tanto de ser defendido», comentou em entrevista à agência Lusa Júlio Machado Vaz.

Para o sexólogo, «é algo que se insere num folclore em expansão nesta sociedade que é hiper-sexuada ao mesmo tempo que tem vindo a matar o erotismo».

Aliás, o Dia Internacional do Orgasmo foi precisamente criado há alguns anos por uma rede de sex shops britânicas, o que foi encarado como forma de conquistar mais clientes e incentivar ao consumo.

O excesso de «sexo pelo sexo» e de «sexo em termos comerciais» tem afastado as pessoas de cultivarem «o sexo como fonte de prazer e de comunicação».

«O erotismo tem vindo a ser trocado por um sexo imediatista, mecânico e hidráulico», resumiu.

Em termos históricos, o sexólogo elege a Grécia Antiga, a lírica trovadoresca e o amor grotesco como os períodos que melhor representam a «génese do amor pelo amor».

Quanto ao orgasmo, Júlio Machado Vaz frisa que fisiologicamente é de fácil definição, mas que a nível psicológico e de sensação é significativamente diferente entre homem e mulher.

«No ciclo de resposta sexual, é a explosão da excitação, que se traduz por uma sensação psicológica de prazer e a nível fisiológico por contracções musculares, alterações respiratórias e cardíacas», explicou.

Em termos fisiológicos, o orgasmo é igual independentemente do género, «mas a percepção psicológica é diferente e muito mais variada e rica na mulher».

«Se interrogarmos 100 homens sobre o que sentem, 99 dizem praticamente a mesma coisa. Se interrogarmos 100 mulheres é como passar de Vénus para Marte», compara.

Júlio Machado Vaz atribui às diferentes sensações e percepções das mulheres a responsabilidade por muitas julgarem que nunca atingiram o orgasmo: «É isso que faz com que nos apareçam mulheres em consultas de sexologia a dizerem que não conseguem atingir o orgasmo e que saem passado 50 minutos aliviadíssimas a dizer que afinal atingiam, mas não era como a amiga tal dizia».
Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Novato
Notificador
Notificador

Masculino Libra Cabra
Primaveras Primaveras : 26
Mensagens Mensagens : 229

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum