Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

Alguns países já permitem a união gay, mas em outros há punição até com pena de morte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alguns países já permitem a união gay, mas em outros há punição até com pena de morte

Mensagem por Novato em Seg 09 Ago 2010, 13:25

A luta pelos direitos dos homossexuais ao redor do mundo está muito longe de acabar, mesmo depois da tão falada liberação do casamento gay na Argentina. Até o momento, 10 países já adotaram medidas semelhantes, desde 1998. Segundo relatório recente de organizações gays, porém, 76 países e outros cinco territórios ainda perseguem pessoas que se relacionam com outras do mesmo sexo. Em cinco nações, as penas chegam a ser até de morte.

Segundo a Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexuais (Ilga), ser homossexual pode render uma condenação à morte no Irã, Mauritânia, Arábia Saudita, Sudão e Iêmen, além de em algumas regiões da Nigéria e da Somália.

As formas de execução variam. No Irã do presidente Mahmoud Ahmadinejad, que já chegou a afirmar que seu país não tem homossexuais, pessoas presas por se relacionarem com outras do mesmo sexo são enforcadas. Na Arábia Saudita, quando não se aplica a pena de morte, os gays podem ser condenados a receber chibatadas.

Nem tudo é perseguição aos homossexuais na Ásia, porém. A Ilga comemorou ao divulgar seu relatório anual, em maio, o fato de que a Índia descriminalizou a homossexualidade: “Um país a menos, se comparado ao relatório de 2009, pode parecer um avanço insignificante. Mas, se considerarmos que este país é a Índia, esta diferença corresponde a um sexto da população mundial”, afirmou a co-secretaria da entidade, Gloria Careaga.

ESTADOS MAIS LAICOS

O primeiro país a sancionar o casamento gay foi a Holanda, em 2001. Os direitos e deveres dos cônjuges são idênticos aos dos membros de casamentos heterossexuais, entre eles o da a adoção.Entre os países que legalizaram a união do tipo depois estão nações de forte tradição católica, como Espanha, Portugal e Argentina, além da Cidade do México, na semana passada.

Para o antropólogo Sérgio Carrara, coordenador do Centro Latinoamericano de Sexualidade e Direitos Humanos (Clam), da Uerj, as liberações de casamento gays em países com identificação católica refletem o fato de que, hoje, há maior separação entre religião e estado. “Mas há casos de países cristãos, não-católicos, como os EUA, onde ainda há muitos obstáculos”, lembra.

Sobre os países que ainda condenam gays à morte, o antropólogo procura evitar que se condene o Oriente como um bloco de países que praticam a chamada “homofobia de estado”. “Temos que tomar cuidado quanto a fazer oposição entre Ocidente e Oriente, em relação à homofobia. Parte do que chamamos de tradição homofóbica do Oriente é herança do próprio Ociente”, afirma. “A lei anti-sodomia que vigorava na Índia foi imposta durante a colonização britânica”, lembra Carrara.

APROVAÇÃO

Os países que aprovam o casamento gay são Holanda, Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal, Islândia e Argentina.Territórios de outras nações, como seis estados americanos, também aceitam as uniões em moldes muito parecidos com as dos heterossexuais. Em outros países, como Israel, a união é permitida, mas não com todos os benefícios do casamento.

NO BRASIL

No Brasil, segundo Sérgio Carrara, há dois modelos em andamento para a legalização das uniões gays. O primeiro é um projeto de lei que tramita no Congresso desde 1995 e produziria um contrato específico de uniões entre pessoas do mesmo sexo. O outro são reconhecimentos em tribunais e órgãos do executivo que, segundo o antropólogo, se aproximam mais da lei que regula as uniões de fato no país.
Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Novato
Notificador
Notificador

Masculino Libra Cabra
Primaveras Primaveras : 26
Mensagens Mensagens : 229

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum