Fórum Sexualidade
Olá, Convidado, seja bem-vindo ao Fórum Sexualidade.

Aqui você terá espaço para falar sobre diversos temas da sexualidade humana sem tabus, podendo compartilhar e aprender com todos os outros membros.

Além disso, você encontrará diversas discussões e informações sobre os mais variados temas da atualidade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se, participe das discussões.

Este fórum é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox 3.6 com a resolução de tela 1024 x 600 ou superior.

Divulgue-nos também.
Atenciosamente,

Equipe do Fórum Sexualidade.

Conectar-se

Esqueci minha senha

Painel do Usuário
Convidado


PAINEL DE USUÁRIO




MENSAGENS PRIVADAS
Últimos assuntos
» Site que envolve arte e sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:42 por strubloid

» Arte mais sexo
Qui 30 Jul 2015, 08:40 por strubloid

» Sou doente ou ele já não me quer?
Ter 14 Jul 2015, 09:22 por rqhb

» Mulheres mais velhas gostam mais de sexo do que as mais novas, diz estudo
Sex 24 Abr 2015, 20:08 por Elisa Margotte

» Seguro de mais a ejaculação e acabo não gozando!
Dom 22 Fev 2015, 03:45 por Magusto

» Pílula
Qui 05 Fev 2015, 19:21 por Sofia Matias

» Mostrar o corpo na webcam para ganhar um Dinheiro Extra
Qua 28 Jan 2015, 12:20 por PixudoTesudo

» Preocupação dupla...
Qui 27 Nov 2014, 15:57 por Victor13

» Daniel Denardi, ao seu dispor
Qui 02 Out 2014, 20:56 por dandenardi

Votação

O que pensa sobre aborto:

27% 27% [ 12 ]
11% 11% [ 5 ]
11% 11% [ 5 ]
50% 50% [ 22 ]

Total dos votos : 44

Novidades do Blog
Veja também
Formspring.me

OrkutTwitter

Cantinho da Éris
Visitas

PageRank
Donde vêm

Argentina recebeu 'mais de 200 consultas' de estrangeiros gays que querem se casar

Ir em baixo

Argentina recebeu 'mais de 200 consultas' de estrangeiros gays que querem se casar

Mensagem por Novato em Seg 26 Jul 2010, 17:18

Primeiro país a autorizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo na América Latina, a Argentina já recebeu mais de 200 consultas de estrangeiros que querem se casar no país assim que a medida entrar em vigor no dia 30 de julho.

A informação foi confirmada à BBCBrasil pela presidente da Federação Argentina de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais, Maria Rachid, e pela presidente da Organização Não-Governamental (ONG) La Fulana, Claudia Castro.

A La Fulana reúne as lésbicas e bissexuais argentinas. A Federação concentra 42 entidades de pessoas do mesmo sexo em toda a Argentina.

"Já recebemos consultas de casais do mesmo sexo do Paraguai, da Bolívia, Itália, Inglaterra e também do Brasil", afirmou Rachid.

Segundo ela, não haveria problema para a realização destes casamentos na Argentina, já que a Constituição argentina não impediria casamento de estrangeiros no país.

"Será necessária apenas a confirmação de um endereço de residência na Argentina e pode ser até mesmo de um hotel. Isso não será problema. E foi o que já transmitimos aos que nos procuraram."

Consultas prévias

Ela disse ainda que as consultas começaram assim que o texto foi aprovado no Senado, e antes mesmo de a presidente, Cristina Kirchner, sancionar a lei no dia 20 de julho.

"São necessários oito dias úteis para que a lei entre em vigor e já há casamento marcado para esta data", disse.

Rachid contou ter recebido "pelo menos 200 consultas" nos últimos dias.

Por sua vez, Claudia Castro afirmou ter recebido 22 e-mails, além de "várias ligações" de casais do mesmo sexo do México, Chile, Uruguai e França, entre outros.

Ela disse que não recebeu ligações ou e-mail do Brasil.

Mulheres idosas

"A pergunta que fazem é a mesma. Se podem casar aqui e o que precisam para isso."

Segundo a presidente da La Fulana, entre as que entraram em contato com a ONG estão mulheres idosas.

"São mulheres com mais de 70 anos preocupadas em regularizar a situação. Por causa da idade, elas querem evitar que a companheira, às vezes da vida inteira, não fique sem nada, quando ela morrer", disse Claudia Castro.

Ela contou que muitas, incluindo argentinas, querem formalizar a relação porque têm filhos - de relações anteriores e também se preocupam com o futuro da companheira e das crianças.

Claudia Castro entende que o casamento no papel ajudará as famílias a aceitarem melhor a relação entre as pessoas do mesmo sexo. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.
Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Novato
Notificador
Notificador

Masculino Libra Cabra
Primaveras Primaveras : 26
Mensagens Mensagens : 229

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum